Sabrina Orlandin | Nutri Materno Infantil

Blog

Nutricionista: você conhece a importância dessa profissional?

24.Ago

Nutricionista: você conhece a importância dessa profissional? | Sabrina Orlandin Nutricionista Materno-infantil

Se você ainda tem aquela percepção de que nutricionista só faz as pessoas emagrecerem, eu vim provar que nós somos muito mais do que isso.

A nutrição está diretamente ligada a maneira que pensamos e agimos, principalmente em épocas especiais, como durante a maternidade e os primeiros anos de vida. Quer entender um pouco mais sobre a importância dessa profissional em seu dia a dia? Continue lendo.

Nutrição materno infantil

Por ser a minha área de atuação, falo com propriedade: começar a cuidar da saúde através da alimentação logo cedo é um caminho repleto de benefícios. Isso deve ser levado em conta até para mulheres que desejam engravidar, sendo essa uma das fases que a nutrição materno infantil abrange. Além das tentativas para engravidar, a gestação e a alimentação do bebê também são momentos que podem, e devem, ser orientados por uma nutricionista especialista.

Ela é responsável por orientar os melhores alimentos para a concepção, quais dietas favorecem a gestação, além de realizar o acompanhamento durante a gravidez para conduzir a mamãe em situações como:

• Ganho ou perda de peso;
• Refeições para combater enjoos, náuseas, azia, cansaço, sonolência, dentre outros;
• Garantir que o bebê cresça conforme a semana gestacional e nasça devidamente nutrido;
• E muitas outras questões envolvendo a gestação.

Após o nascimento do bebê, a nutricionista segue acompanhando os passos da mãe e, principalmente, do recém-nascido. A atenção à fase da amamentação, como o cuidado com os alimentos apropriados para a produção de leite e o retorno ao peso antes da gestação são guiados pela profissional.

Estes aspectos influenciam, é claro, no pequeno que acabou de chegar no mundo. Os alimentos ingeridos pela mãe podem interferir na diminuição da cólica dos bebês, por exemplo, e em outros problemas.

A nutri tem o papel de realizar o planejamento da introdução alimentar, a partir do sexto mês da criança. Com a mudança da rotina, a especialista regula o ganho de peso e crescimento do bebê, além de prestar auxílio aos responsáveis com adversidades naturais do período, como:

• Restrições alimentares;
• Alergias;
• Alterações no crescimento;
• Recusa alimentar.

Com o passar do tempo, a nutricionista continua sendo fundamental para o desenvolvimento de crianças e mamães saudáveis e com noção de que comer bem traz satisfação e qualidade de vida.

São pessoas como as da minha área que tornam o mundo um pouquinho melhor de viver, proporcionando bem-estar para a mente e para o corpo dos pacientes, sempre influenciando a todos ao seu redor a terem uma vida muito mais alegre e com saúde.

Viva nós, nutricionistas!

Confira outros conteúdos em meu blog.

Clique para saber mais!
Receba nossa newsletter!