Sabrina Orlandin | Nutri Materno Infantil

Blog

Conheça os benefícios do mel e saiba quando oferecê-lo às crianças

18.Mai

Conheça os benefícios do mel e saiba quando oferecê-lo às crianças | Sabrina Orlandin Nutricionista Materno-infantil

O mel é um alimento natural produzido pelas abelhas. Rico em açúcares e carboidratos, pode ser uma ótima fonte de energia e vitaminas. Saiba mais!

Quem nunca ouviu “toma esse chazinho com mel para melhorar”? Geralmente, a recomendação é feita pelas vovós, não é? Elas estão certas, o mel realmente é um grande aliado da saúde. Embora tenha benefícios, é um alimento que exige atenção e há restrições em relação ao seu consumo.

O mel para crianças

Por ser um alimento com sabor doce, o consumo do mel deve ocorrer tão tarde quanto o do açúcar. Como nos primeiros dois anos de vida das crianças o paladar está em formação, não é viável a introdução tão cedo.

Em geral, a recomendação é que até um ano de idade o mel não deve ser oferecido. De um ano a dois anos, a ingestão deve ser evitada, pois trata-se de um alimento doce. Após esta idade, o consumo está liberado, mas a sua quantidade deve ser limitada.

Além disso, muito importante: a ingestão do mel está associada ao grande risco de intoxicação, causada pela bactéria Clostridium Botulinum. O risco de botulismo está presente nas crianças e nos adultos, mas a forma mais grave ocorre quando o sistema imune ainda não está bem desenvolvido, que é o caso dos bebês menores de um ano. Ou seja, nada de oferecer o alimento, nem mesmo com chá, para os bebezinhos que ainda não completaram 12 meses.

Benefícios do mel

O mel é um alimento natural produzido pelas abelhas. Rico em açúcares e carboidratos, pode ser uma ótima fonte de energia. Mas cuidado com o excesso ao oferecer para as crianças, porque ele pode ser bastante calórico.

Ele também é um excelente aliado na defesa imunológica, em casos de infecções respiratórias, devido à sua função antimicrobiana. Portanto, o chazinho da vovó pode ajudar mesmo a combater os resfriados!

O mel ainda contém vitamina C e minerais como cálcio, magnésio, fósforo, potássio e antioxidantes. O alimento atua na redução do colesterol “ruim” (LDL), enquanto colabora para o colesterol “bom” (HDL).

Como oferecer

O mel pode ser usado como substituto do açúcar em algumas receitas. Também pode acompanhar iogurtes naturais ou até panquecas e waffles. Ainda há opção de adicioná-lo, em pequena quantidade, em frutas, como o abacate.

O lembrete é o mesmo: usar pouca quantidade para não viciar o paladar das crianças no sabor doce do alimento.

Espero que este conteúdo tenha esclarecido suas dúvidas sobre o mel. Para mais dicas, me acompanhe nas redes sociais.

Clique para saber mais!
Receba nossa newsletter!