Sabrina Orlandin | Nutri Materno Infantil

Blog

Como lidar com os imprevistos da amamentação?

09.Jul

Como lidar com os imprevistos da amamentação? | Sabrina Orlandin Nutricionista Materno-infantil

Existem coisas na nossa vida que não ficamos sabendo com antecedência. Às vezes, e na maioria delas, só aprendemos vivenciando e adquirindo a experiência que as coisas nos proporcionam. Ser mãe não vem com manual de instrução de como agir, como fazer o bebê parar de chorar, como não perder noites de sono e como amamentá-los.

Esse post é para você, mãe de primeira, segunda, terceira viagem, seja lá em qual viagem você esteja. Meu intuito é passar dicas práticas sobre algumas coisas essenciais para você, mamãe que está amamentando. A seguir, vou explicar mais sobre isso

1. Proteja seus mamilos: passe um pouco de leite materno logo após a mamada, isso garantirá uma proteção da pele.

2. Fique atenta ao desconforto: é muito importante tratar as irritações dos mamilos, caso sinta algum sinal de desconforto;

3. Limpeza: proteja o mamilo do contato com a roupa, mantendo-o bem limpo e seco, principalmente após amamentar seu bebê. Por isso, sempre limpe os mamilos muito bem após a amamentação. Se possível, passe algum tempo sem os cobrir;

4. Alívio para dor: aplicar compressas quentes ou frias no peito ajuda a aliviar o desconforto e a tensão mamária causada, naturalmente, pelo pós-parto;

5. Posição correta: procure amamentar sentada ou deitada, mas de modo que se sinta confortável e que o bebê esteja de frente para o mamilo. A criança não deve precisar se esforçar para conseguir fazer a sucção, o que também pode causar dor à mãe.

É comum que mães passem por dificuldades na amamentação. É um período de muita sensibilidade tanto física, quanto mental, visto que a gravidez é uma mudança significativa para o corpo e a mente. O aleitamento materno, apesar de ser natural e muito importante para o desenvolvimento do bebê, não é uma ação instintiva e, por isso, existe a necessidade de aprendizado sobre o mesmo.

Se você, que está amamentando, estiver diante de uma situação em que o aleitamento materno não esteja evoluindo bem, realize um diagnóstico para que possam ser tomadas medidas corretas. Converse com seu médico obstetra ou pediatra, para, juntos, encontrarem a forma mais adequada de amamentação, o que trará benefícios para você e para seu bebê.

Clique para saber mais!
Receba nossa newsletter!