Sabrina Orlandin | Nutri Materno Infantil

Blog

Saiba como você pode ajudar na mastigação do seu bebê

16.Jan

Saiba como você pode ajudar na mastigação do seu bebê | Sabrina Orlandin Nutricionista Materno-infantil

Para algumas crianças, aprender a mastigar pode não ser a tarefa mais simples do mundo. Isso porque cada pequeno tem um ritmo de crescimento próprio e, muitas vezes, o processo de mastigação acontece de forma gradativa. Mas, mesmo assim, alguns cuidados podem ser tomados para que tudo ocorra da melhor forma possível e seu bebê aprenda a mastigar corretamente.

Neste texto, vamos falar sobre como você pode ajudar no processo de mastigação do seu bebê, tornando essa fase mais tranquila para a criança. Afinal, a mastigação é algo que se aprende e que, portanto, necessita de incentivo e treino. E é nesse ponto que o seu papel, mamãe, é importante. Vamos saber como? Vem comigo!

Como ensinar seu bebê a mastigar

O primeiro ano do seu pequeno é uma das fases de crescimento mais importantes. Isso porque é um momento de descobertas, adaptação, autoconhecimento e grandes mudanças, principalmente na forma de se alimentar. Por isso, é preciso que você tenha paciência e dedicação para ajudar a criança no processo de adaptar-se a novos sabores, texturas, etc.

Quando o assunto é mastigação, geralmente eu recomendo começar com os alimentos não triturados apenas depois do primeiro ano de idade, tomando cuidados para não prejudicar a dentição do seu pequeno. Porém, é possível começar um treinamento um pouco antes, oferecendo alguns tipos de alimentos sólidos para a criança de maneira controlada e gradativa.

Cuidados e dicas para auxiliar na mastigação

1. Ofereça alimentos que seu filho gosta

Essa dica é ótima: na hora de introduzir a mastigação para o seu pequeno, uma boa é optar por alimentos que agradem a criança, facilitando a aceitação da comida. Se a criança gosta de banana, por exemplo, deixe que ela segure o alimento, sinta o cheiro e experimente sua textura. Repetir o processo por alguns dias é o suficiente para que a criança busque levá-lo até a boca por vontade própria.

2. Deixe pequenos pedaços de comida quando for amassar a refeição do bebê.

Uma boa dica é deixar pequenos pedaços de comida para que seu pequeno sinta o alimento aos poucos. Lembre-se de tomar alguns cuidados, como o de não forçar a mastigação de uma só vez. Espere o tempo da criança.

3. Incentive seu pequeno

Pequenas recompensas são um bom estímulo na hora de incentivar a mastigação. Exemplo disso é bater palmas e sorrir a cada colherada dada, ou permitir que a criança faça alguma atividade que gosta ou brinque com seu brinquedo preferido durante o processo.

4. Deixe a criança tocar na comida

Em fase de crescimento, principalmente até os dois anos, é muito importante que a criança descubra os alimentos. Assim, deixar que seu filho pegue na comida, sinta sua textura e até segure alguns alimentos pode ser uma ótima forma de incentivá-la a comer sozinha. Mas, claro, nunca deixe de tomar os cuidados necessários para a segurança do seu bebê.

Além dessas dicas, a ideia principal para ajudar a criança no processo de mastigação é deixá-la sentir-se parte do momento, seja ele qual for, e não a obrigar a nada. Tudo deve ocorrer de forma natural e de acordo com o desenvolvimento e crescimento do pequeno.

Até lá, se você deseja saber mais sobre cuidados com mastigação e como começar a mudar os hábitos alimentares do seu filho, independente da fase de crescimento, entre em contato comigo!

Clique para saber mais!